Olá visitante! Efetue seu Login ou Cadastre-se
0
BLOG

Óleo de Coco: Conheça Seus Benefícios, Como Usar na Culinária, no Cabelo, na Pele e Aonde Comprar!

Óleo de Coco: Conheça Seus Benefícios, Como Usar na Culinária, no Cabelo, na Pele e Aonde Comprar!

O Óleo de coco (oleo de côco), como o próprio nome sugere, é o óleo extraído da fruta coco. Hoje é considerado um superalimento, devido as duas propriedades tanto estéticas quanto medicinais.

Seu uso e benefícios geram bastante controvérsias, devido ao fato de o óleo de coco ter ganhado muito espaço no mercado, “derrubando” o uso dos demais óleos como o de soja, canola, girassol, entre outros.

Existem dois tipos de óleo de coco, o refinado, feito a partir do coco seco, e o extravirgem (mais conhecido) feito com o coco fresco.

O óleo de coco é encontrado normalmente em estado líquido, quando mantido em temperatura ambiente. Se mantido em temperaturas mais baixas, ele é encontrado em estado sólido e branco. Muitas pessoas que não estão familiarizadas com o óleo de coco, muitas vezes pensam que o óleo (mesmo novo e recém adquirido) está mofado e/ou com fungos.

Normalmente o óleo de coco possui a validade prolongada, desta forma, não é comum que ele se estrague ou fique rançoso, mesmo quando armazenado há bastante tempo.

Como falamos acima, seus benefícios ainda são controversos entre a comunidade médica e não representam uma unanimidade entre os especialistas, embora seus benefícios estéticos já são comprovados.

Por ser rico em um tipo diferente de gorduras saturadas (os triglicérides de cadeia média), o óleo de coco conquistou fama, principalmente, por ajudar na perda de peso.

Especialistas recomenda que o óleo consumido seja 100% natural, 100% vegetal e extravirgem, ou seja, sem conservantes.

Além disso, vamos falar de mais alguns assuntos hoje.

 

O QUE VOCÊ VAI APRENDER?

 

 

BENEFÍCIOS DO ÓLEO DE COCO

 

O óleo de coco, por ser uma gordura boa, além de ser proveniente do coco (que é um dos melhores alimentos do mundo), proporciona inúmeros benefícios à saúde.

Abaixo citaremos uma lista de benefícios do óleo de coco, que com certeza é a opção mais saudável do que dos demais óleos que aprendemos a utilizar desde os nossos antepassados:

Possui ação antioxidante - Colabora na diminuição da produção de radicais livres, pois a gordura do coco diminui as necessidades de Vitamina E do organismo.

Reduz o colesterol - Ajuda na redução do mau colesterol (LDL), evitando que o mesmo se oxide. Além disso, ainda promove a elevação do bom colesterol (HDL), contribuindo assim na prevenção e tratamento das doenças cerebrais e cardiovasculares.

Auxilia no processo de emagrecimento - Por ser de fácil absorção, a gordura do coco é melhor fonte de triglicerídeos de cadeia média, não necessita de enzimas para sua digestão e metabolismo. No fígado, estes triglicerídeos se transformam rapidamente em energia, não se depositam no organismo. Por isto, ela é considerada termogênica, capaz de gerar calor e queimar calorias. Esta capacidade, aliada à facilidade que a gordura de coco tem de estimular a glândula tireoide, aumenta o metabolismo basal, gera a saciedade e consequentemente emagrece.

Melhora o sistema imunológico – Previne e combate os vermes, bactérias, vírus e fungos, restabelecendo a energia roubada por estes agentes. Consequentemente, melhorando a absorção dos nutrientes, aumentando todas as defesas do organismo. A gordura do coco (muito boa, diga-se de passagem) apresenta a maior concentração de Ácido Láurico dentre todas as gorduras vegetais. O ácido láurico é o mesmo ácido graxo presente no leite materno e no organismo, que é convertido em monolaurin, tem ações para combater inúmeras infecções. Diversos trabalhos científicos mostram que a gordura de coco extravirgem é capaz de ajudar a combater uma infinidade de bactérias, leveduras, fungos e vírus tais como sarampo, herpes, estomatite vesicular, Cytomegalovirus (CMV), Epstein Bar Vírus, vírus da hepatite C (HCV), AIDS (HIV), giárdia, cândida, cryptosporidium e outros parasitas intestinais.

Regula a função intestinal - Tanto no caso do intestino preso, quanto nos casos de diarreias e das síndromes do intestino irritável, os componentes da gordura de coco agem normalizando as funções intestinais.

Estimula a função da tireoide - Estudos realizados há mais de 30 anos comprovam que a gordura de coco estimula a função da glândula tireoide, tendo ainda ação antienvelhecimento, já que o bom funcionamento da tireoide faz com que o mau colesterol produza hormônios antienvelhecimento, Pregnenolona, Progesterona e DHEA.

Auxilia no controle da diabetes - A gordura do coco ajuda a controlar a compulsão por carboidratos. Assim como os alimentos ricos em fibras ajudam a manter níveis estáveis de insulina no sangue, consequentemente facilitando a vida dos diabéticos, a gordura do coco proporciona uma sensação de saciedade ainda maior, e não estimula a liberação de insulina, contribuindo desta forma para diminuir a compulsão por carboidratos.

Previne doenças degenerativas - O óleo de coco juntamente com o ômega 3 é excelente para o cérebro e a memória, para quem tem Parkinson e Alzheimer. Serve para minimizar os danos das doenças degenerativas.

Tem ação dermatológica - Além do poder bactericida, o óleo de coco pode ser usado como cicatrizante de feridas, picadas de insetos, além de proporcionar alívio para queimaduras, eczemas e dermatites de contato, bem como no tratamento e herpes e candidíase.

Possui ação cosmética - Os efeitos dos cremes e loções comerciais são temporários, pois em poucas horas, a água proveniente deles é absorvida, acabam não sendo hidratantes eficazes, além de trazer uma montanha de radicais livres, que acabam por agravar a situação da pele. Já o óleo de coco, age com efeito nutritivo nos cabelos e na pele.

Muito se fala também do café com o óleo de coco. Será que o café com uma colher de óleo de coco realmente traz benefícios à saúde?

A resposta é sim. A combinação de café com óleo de coco auxilia no processo de emagrecimento, porque essa mistura acelera o metabolismo, queima gordura para produzir energia e dá a sensação de saciedade, ou seja, além de ter um metabolismo acelerado, você terá uma sensação de “barriga cheia” e consequentemente comerá menos. Isso a longo prazo, te ajudará a emagrecer.

 

ÓLEO DE COCO PARA O CABELO

 

O óleo de coco é rico em nutrientes e traz inúmeros benefícios científicos comprovados para o cabelo, diferentemente de qualquer tipo de óleo ou dos produtos industrializados vendidos em mercados, farmácias e perfumarias.

O óleo de coco tem um ácido graxo chamado “ácido láurico”, que consegue penetrar melhor nos fios, devido a sua afinidade, aderindo melhor às proteínas do cabelo. Quando penetrado o óleo de côco extra vírgem para cabelo, hidrata e evita a queda. Diferente do ácido que vem no óleo de girassol, que é o ácido linoleico que é maior e não penetra tanto nos fios. Diferente também do óleo mineral, que é cheio de hidrocarbonetos, não tem afinidade nenhuma pela proteína do cabelo.

O óleo de coco inibe a enzima 5-alfa-redutase, que é responsável por converter a testosterona em DHT (di-hidrotestosterona). Com isso, o óleo de coco ajuda na prevenção da queda de cabelo, além de seu poderoso efeito já conhecido, de hidratar, trazer leveza e brilho aos fios.

 

Óleo de coco para os cabelos

Imagem/Reprodução: Remédio Caseiro

 

Ele tem a função de nutrir os cabelos, repõe massa, proteína, líquidos, sela as cutículas.

É comumente utilizado juntamente com a babosa, tornando o resultado da hidratação ainda melhor.

O ideal é que seja feita a umectação somente com o óleo de coco, deixando agir por cerca de 4 a 6 horas (tempo o suficiente para os nutrientes do óleo de coco penetrarem nos fios).

Muitas pessoas utilizam também o óleo de coco nas máscaras de hidratação como a máscara da Skala (que agora também tem uma máscara específica com óleo de coco).

Muitas perguntas que recebemos também é, dá para utilizar técnica do Co Wash (co-wash) com o óleo de coco? E a resposta é sim, é perfeitamente possível e recomendada essa técnica, pois assim, você removerá o óleo dos fios, sem perder seus nutrientes.

 

ÓLEO DE COCO PARA MANCHAS DE PELE, ESTRIAS, CLAREAMENTO DOS DENTES E AXILAS

 

O óleo de coco, além de ser um superalimento, foi reconhecido por pesquisadores como um super cosmético também, você sabia? Ele pode ser utilizado para uma infinidade de funções.

É muito utilizado por maquiadores como demaquilante. Promove a hidratação das unhas e cutículas, excelente como amolecedor de cutículas para posterior remoção. É ótimo para combater caspas capilar. Promove na hidratação dos lábios, no controle das estrias, além de ser um excelente antifúngico, antiviral e antibacteriano. Facilita a cicatrização da pele e de feridas e auxilio no controle das estrias.

Quando seu uso é destinado a pele, ele hidrata e, não conter radicais livres, previne rugas garantindo uma verdadeira ação antienvelhecimento, isto se deve à lubrificação da pele, permitindo que os nutrientes do sangue cheguem até ela.

Muitas pessoas utilizam também o óleo de coco com bicarbonato para clarear as axilas e os dentes, será que é realmente eficaz?

Segundo relatos de alguns usuários da internet, no que diz respeito ao clareamento dos dentes, natureza abrasiva do bicarbonato é ideal para remover as manchas de tártaro e também para restaurar a brancura natural deles. Além disso, em razão de suas propriedades, o óleo de coco pode reduzir o mau hálito, diminuir a inflamação das gengivas, lutando até contra a gengivite e limpar profundamente, evitando a formação de cáries, placas e tártaro. Legal né?

O óleo de coco é muito utilizado para remover manchas de peles, acnes, e diminuir as olheiras.

Está aí a razão de ser caracterizado por muitos como um santo remédio.

Para as estrias, a explicação está no fato de o óleo de coco conter quantidades significativas de vitamina E, ácidos graxos, antioxidantes e proteínas, ou seja, um conjunto de nutrientes com bom potencial quando se trata de cuidar da saúde da pele.

Muitas pessoas que o incluem (como prevenção) nos cremes corporais para manter a pele bem cuidada, enquanto outras o aplicam regularmente quando desejam reduzir cicatrizes, estrias ou outras marcas que possam ter na pele.

 

Óleo de coco em recipiente

Imagem/Reprodução: Angélica Banhara

 

COMO USAR ÓLEO DE COCO?

 

O óleo de coco pode ser consumido para cozinhar alimentos. Você pode acrescentá-lo nas suas receitas, em preparações frias, como saladas verdes, sucos e saladas de frutas.

Caso queira incluí-lo em pratos quentes, use na finalização dos pratos ou até mesmo em seu preparo. Ele pode ser utilizado no preparo de tudo, frangos, arroz, carnes, molhos, massas, entre outros. Não adocica os alimentos e ainda traz um sabor maravilhoso.

Pode ser utilizado para finalizar os pratos quentes, promovendo sabor e aroma suaves a pratos como arroz e peixes. O óleo de coco também pode ser usado na preparação de bolos e tortas.

Ele pode ser misturado em iogurtes, sucos ou vitaminas. A adição do alimento deixa as bebidas com um gosto leve de coco.

Há relatos de pessoas que não sentem a diferença na substituição dos óleos convencionais para o óleo de coco, já outras sentem um leve aroma de coco no finalzinho das refeições. Pensando nisso, as marcas começaram a fazer o óleo de coco sem sabor, que é fantástico também.

 

ÓLEO DE COCO OU AZEITE DE OLIVA?

 

Essa é curiosidade muito grande de nossos clientes. Primeiramente, recomendamos que você consulte seu médico e/ou nutricionista antes do consumo de qualquer alimento, ele saberá melhor o alimento que você deverá consumir, aliás, todos nossos somos diferentes, possuímos saúde e biótipo diferenciados e, um alimento que faz bem para Fulano, poderá não atender tão bem Sicrano.

Que o óleo de coco é uma gordura já sabemos, só que esta gordura saturada do óleo de coco em nada tem a ver com a gordura saturada de origem animal que encontramos por aí, pois o óleo de coco tem uma quantidade grande de ácidos graxos de cadeia média (como já dito).

Estes ácidos não são armazenados facilmente por nosso organismo e queimam bem mais rápido, se transformando em energia ao nosso organismo. Então, qual o melhor? Ambos são benéficos à saúde, colaboram igualmente em processos de redução de peso, de colesterol entre outros benefícios. Contudo, o óleo de coco tem o sabor e odor mais agradável, além de muito mais benefícios estéticos.

 

Óleo de coco

 

AONDE COMPRAR ÓLEO DE COCO?

 

O óleo de coco é vendido na versão para uso culinário e para os cabelos ou em cápsulas, como suplemento. É importante consultar um especialista antes de iniciar o consumo das cápsulas, para entender a indicação de consumo diário e se sem riscos à saúde. Embora seja um produto natural, seu uso diário deve ser moderado e aconselhado por seu médico e/ou nutricionista.

Você pode comprar o óleo de coco em diversos supermercados, farmácias, lojas de produtos naturais, perfumarias e inclusive pela internet.

Caso você queria adquir o seu de forma rápida e online, basta clicar aqui e vamos te direcionar para a nossa seção em nossa loja virtual

 

MISTURAS COMUNS DO ÓLEO DE COCO

 

Muitas pessoas utilizam o óleo de coco juntamente com a cúrcuma ou açafrão para reforçar os benefícios cicatrizante, regenerador, hidratante, calmante e anti-inflamatório. Tanto na pele, utilizados em consumo externo (gel e cremes caseiros) quanto ingeridos como alimento.

É comumente utilizado junto ao café, a canela e a pimenta, como forma de termogênico natural, fazendo com que o metabolismo acelere.

Adicionam ao bicarbonato de sódio a fim de efeitos clareadores nos dentes, pele e regiões escurecidas.

Hoje é muito utilizado também misturado ao óleo de cártamo, com a finalidade de promover o emagrecimento.

 

COMO CONSERVAR O ÓLEO DE COCO?

 

O óleo de coco deve ser conservado em local seco, protegido de luz e longe de qualquer fonte de calor.

Como já falamos acima, o óleo de coco solidifica em temperaturas abaixo de 25ºC, para voltar ao normal basta um Banho-maria.

Devido a essa solidificação, muitas pessoas que começam a utilizar o óleo de coco, acham que o mesmo se encontra mofado e com fungos, devido aos aspectos esbranquiçados.

O início do processo de solidificação do óleo de coco que ocorre aleatoriamente, através de formações esféricas, assemelhando algodão e de coloração esbranquiçada ou acinzentada, se unindo umas às outras, devido às baixas temperaturas no ambiente. Basta coloca-lo em banho maria ou até mesmo no micro-ondas e ele retornará ao seu estado normal, liquido e transparente.

Comentários
Aquele óleo da copra em spray pode ser utilizado no cabelo também?
11/08/2020
Rafaela
Olá Rafaela, boa pergunta! Não, o Óleo de Coco Spray Culinário Antiaderente Copra, é exclusivo para uso culinário. Por ser um produto inflamável e com conteúdo sob pressão, está sujeito a explosão caso deixado no fogão ou próximo de fontes de calor, portanto, qualquer uso indevido (inalação, pulverização nos olhos, cabelos e pele etc.) pode ser prejudicial ou fatal.
Deixar Comentário
Loading...
Aguarde...
O produto foi adicionado a sacola.