Olá visitante! Efetue seu Login ou Cadastre-se
0
BLOG

Outubro Rosa [7 Alimentos Que Podem Ajudar a Prevenir o Câncer de Mama]

Outubro Rosa [7 Alimentos Que Podem Ajudar a Prevenir o Câncer de Mama]
Chegamos ao mês de outubro, e com ele, as iniciativas conectadas ao propósito do combate ao câncer de mama. Uma campanha de grande notoriedade e de extrema importância.

O movimento de conscientização para o controle do câncer de mama, (o outubro rosa) foi criado no início da década de 90, pela Fundação Susan G. Komen, for the Cure. 

Essa data é celebrada internacionalmente e anualmente, com o principal objetivo de, compartilhando informações, promover a conscientização sobre a doença, que era muito falada, contudo, pouco controlada. 

A celebração dessa data passou a proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, além de contribuir com a redução da mortalidade. 

Aqui no brasil, o Instituto Nacional do Câncer (INCA), participa deste movimento desde 2010. O movimento promove eventos técnicos, debates e apresentações sobre o tema, produzindo recursos e materiais educativos para transmitir informações sobre detecção precoce e prevenção do câncer de mama.

Você sabia que quanto mais cedo é feito o diagnóstico de um câncer, mais chances têm de o tratamento dar certo? Em contrapartida, se o diagnóstico for feito de forma tardia, o índice de cura do câncer diminui e algumas (ou muitas) complicações podem aparecer, mesmo depois da doença ter sido tratada.

Infelizmente, não temos o costume comparecer ao médico rotineiramente a fim de proceder com os diversos exames de rotina. Em alguns casos, a correria do dia-a-dia não nos deixa essa opção, em outros casos, isso ocorre em razão da precariedade da saúde pública, ocasião esta em que deixamos para ir ao médico apenas quando os sintomas já estão se manifestando, e aí que está o problema, as vezes pode ser tarde demais. 

Segundo dados fornecidos pelo INCA, o câncer de mama corresponde a cerca de 29% dos tumores malignos (registrados todos os anos), sendo ele o tipo de neoplasia mais comum entre as mulheres brasileiras, ficando atrás apenas do câncer de pele. 

Você sabia que alimentação saudável e a redução do consumo de álcool e produtos industrializados estão entre medidas preventivas que podem evitar 28% de casos da doença?

Nós sabemos que diversos fatores podem influenciar no desenvolvimento de cânceres, como por exemplo fatores genéticos, mas, segundo pesquisas, calcula-se que 30% desses tumores podem ser evitados com hábitos de vida saudável e principalmente no que diz respeito a alimentação.

Pensando nisso, nós da Haja Verde abraçamos essa causa, e preparamos um material todo especial para vocês, listando 7 (sete) alimentos que ajudam na prevenção do câncer devido as suas propriedades nutricionais.

Dessa forma, além de evitar os alimentos processados, que são cheios de gordura, sal, açúcar e aditivos artificiais, é de extrema importância incluir em sua alimentação, alguns alimentos que contenham substâncias capazes de prevenir o câncer. 

Vamos conferir?
 
1. AZEITE DE OLIVA

Azeite de Oliva
Imagem/Reprocução: Dicas de Mulher

Um estudo realizado pela Universidade de Navarra, situada na Espanha, ao qual avaliou 4.282 mulheres, com idade entre 60 e 80 anos, constatou que a ingestão diária (moderada) de azeite de oliva extravirgem reduz a incidência do câncer de mama. 

As mulheres que participaram da pesquisa, foram divididas em 3 (três) grupos, durante 6 (seis) anos. O primeiro grupo seguiu a dieta mediterrânea e foi suplementada com azeite de oliva extravirgem. Já o segundo grupo, seguiu a dieta mediterrânea, a qual foi suplementada com oleaginosas (tais como nozes, castanhas, amêndoas, entre outras). Por fim, o terceiro e último grupo seguiu apenas uma dieta com redução de consumo de gorduras. Ao concluir a pesquisa, pesquisadores observaram a redução de 62% na incidência do câncer de mama no grupo que seguiu a dieta mediterrânea com suplementação de azeite de oliva extravirgem. 

Dentre outras, a principal explicação se dá ao fato de o azeite proteger o organismo das mutações que levam ao desenvolvimento de tumores, ajudando na prevenção primária, além de seu maravilhoso efeito antioxidante.

Ele é composto de 90 a 99% de gordura, principalmente ácido oleico, e 0,4 a 5% de compostos fenólicos. Tais compostos são responsáveis pelas atividades antioxidantes, antinflamatórias, antimicrobianas, antiproliferativas, imunomoduladoras, etc. 

Desta forma, aconselhamos (com o acompanhamento e orientação do seu médico e/ou nutricionista) o consumo de azeite de oliva extravirgem no dia-a-dia. Se atentando à quantidade ingerida, pois embora seja saudável, se trata de uma gordura que não deve ser usada em grande volume devido as suas calorias.
 
2. CEREAIS INTEGRAIS E SEMENTES

CEREAIS INTEGRAIS E SEMENTES
Imagem/Reprocução: Damagrinha

As fibras, são compostos essenciais para o funcionamento do nosso intestino, e consequentemente de todo o nosso organismo, porque se o intestino vai mau, todo o corpo estará mau também. As sementes e cereais integrais como a linhaça,  chia, aveia, cevada, quinoa, entre outros, são muito ricas em fibras, que ajudam a reduzir a absorção de gordura e a formação de substâncias cancerígenas no intestino. Além disso, as fibras “carregam” o excesso de estrogênio e facilitam sua eliminação, o que contribui para a prevenção do câncer de mama.

É super fácil incluir esses alimentos na sua rotina diária. Você pode substituir a farinha branca (de trigo) pela farinha integral, enriquecida com esses grãos.

Além disso, como forma de potencializar ainda mais esses benefícios dos cereais integrais e sementes, é possível consumi-los juntamente com frutas ricas em fibras solúveis, tais como abacate, banana e pera.
 
3. PIMENTA

Pimenta
Imagem/Reprocução: Terra

As pimentas vermelhas como chili, dedo-de-moça, malagueta, além de outras variedades, são ricas em capsaicina, uma substância que confere a ela o sabor picante. Essa substância, além de promover sabor, ainda age na destruição de células com características de malignidade, ajudando a evitar o câncer de mama.

Ao atingir uma célula cancerígena, a capsaicina ativa o receptor olfativo chamado TRPV1, receptor este que tem valor significativo no desenvolvimento de diversas doenças. Pesquisadores encontraram o TRPV1 nas células tumorais de nove diferentes amostras de pacientes com câncer de mama.

Os resultados deste estudo foram publicados na revista científica Breast Cancer. Pesquisas apontaram que a capsaicina, ao ativar o TRPV1, é capaz de induzir e/ou promover a morte das células cancerígenas, além de inibir seu crescimento em vários tipos de câncer, incluindo o câncer de cólon e o pancreático. 

Desta forma, como as células cancerosas morrem, o tumor é impedido de crescer, o reduzindo assim a capacidade de metástase.
 
4. CÚRCUMA

Cúrcuma
Imagem/Reprocução: Noticias ao Minuto

Que a cúrcuma é um santo condimento, nós sabemos. Ela é uma especiaria muito antiga, mas tem ganhado cada dia mais notoriedade devido as suas propriedades. 

Ela é uma planta medicinal e possui propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias, antivirais, antifúngicas, antissépticas, com atividade contra Alzheimer, Parkinson, diabetes, alergias, artrites, doenças autoimunes e cardiovasculares. Mas, você sabia que a cúrcuma também é muito eficaz contra o câncer?

Segundo cientistas da Universidade de Temple, na Filadélfia, o tempero cúrcuma é capaz de fazer parar o desenvolvimento de tumores.

A pesquisa realizada e divulgada no portal The Sun, informou que a cúrcuma possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias responsáveis por interromper o câncer de mama, pulmão e estômago. A descoberta afirma que a cúrcuma apresenta uma disposição anticancerígena e pode ser usada sozinha ou combinado com outros medicamentos.

A cúrcuma impede que os nutrientes sejam entregues aos tumores e impede que as células cancerígenas emitam proteínas nocivas. 
 
5. CENOURA

Cenoura
Imagem/Reprocução: Cura

Pesquisas revelaram que a cenoura é um alimento super eficaz na prevenção do câncer de mama. 

Pesquisadores realizaram um estudo sobre a relação entre dieta e câncer. Foram pesquisadas 1.500 mulheres diagnosticadas com tumores de mama e outras 1.500 que se livraram do câncer. A ideia central era saber hábitos alimentares dessas mulheres.

Testes de sangue mediram os níveis de betacaroteno, além de outras substâncias à base de plantas, como a vitamina C e licopeno. Resultados revelaram que as mulheres que comeram alimentos com betacaroteno, tiveram entre 40 e 60% menos probabilidade de desenvolver receptores de estrogênio negativos pra câncer de mama.

Há também outras frutas e vegetais ricos em betacaroteno, tais como espinafre, pimentão vermelho e mangas, que possuem o mesmo efeito da cenoura no organismo.
 
6. BRÓCOLIS E OUTROS VEGETAIS CRUCÍFEROS

Brócolis
Imagem/Reprocução: Sesc/SC

Inserir vegetais crucíferos e brócolis em sua rotina, pode te ajudar a prevenir o câncer de mama, tais quais: couve, couve de bruxelas, brócolis, repolho, entre outros. 

Em estudo realizado com 5 mil mulheres suecas apontou que o consumo de uma ou duas porções diárias desses vegetais, reduzem cerca de 40% a chance de obter  câncer de mama. 

Esses alimentos contêm uma substancia chama de Indol 3 CarbInol (I3C), que é um poderoso anticâncer de mama. Para se ter uma ideia de quanto o Indol é benéfico ao organismo, algumas pessoas têm até o hábito de mandar encapsisular o Indol 3 CarbInol (I3C) em farmácias de manipulação.

Essas hortaliças são boas fontes de nutrientes, como vitamina C, carotenoides precursores de vitamina A, fibras, cálcio e ácido fólico, e seu poder preventivo está associado à abundância de moléculas fitoquímicas capazes de eliminar substâncias tóxicas que induzem o câncer.
 
7. SALMÃO E OUTROS PEIXES GORDUROSOS

Salmão
Imagem/Reprocução: Homeomed

Peixes também são alimentos riquíssimos em propriedades nutricionais, tais como salmão, sardinha e atum. Eles contêm gorduras insaturadas, que são consideradas boas por proteger a saúde cardiovascular e reduzir o risco de desenvolvimento de vários tipos de câncer. Além disso, são ricos em selênio, um mineral com um alto poder antioxidante, e por isso ajuda a prevenir doenças como o câncer, além de fortalecer o sistema imunológico, e proteger o contra problemas cardíacos como a aterosclerose.

Essa propriedade se deve também à presença dos ácidos graxos ômega-3, que combatem e previnem a atividade inflamatória, ou seja,  mais um fator de risco para os tumores malignos.
 
ALIMENTOS QUE FAVORECEM O SURGIMENTO DE CÂNCERES

Junk Food
Imagem/Reprocução: NYPost

Assim como têm alimentos que previnem o câncer, há também alimentos que acabam por favorecer o surgimento dele (s), por isso, seu consumo deve ser limitado, ainda mais por pessoas que tem fatores genéticos atrelados.

Entre os alimentos podem favorecer o surgimento de canceres, destaca-se a carne vermelha, por ser rica em gorduras saturadas, favorecer processos inflamatórios no organismo, e ter uma digestão mais lenta, pode aumentar o risco do câncer de mama. Dessa forma, especialista recomendam o consumo limitado a três porções semanais, sempre dando preferência à aves e peixes.

Alimentos fritos e gordurosos também devem ser evitados, como por exemplo lanches de fast food, leite integral e queijos amarelos. A ingestão de gordura em excesso também é um fator que aumenta o risco do câncer, pois está relacionada ao acúmulo de peso e consequentemente à elevação do estradiol (hormônio relacionado ao câncer de mama).

Doces, refrigerantes e produtos industrializados em geral também devem ser consumidos com moderação, de preferência risque de sua alimentação ou consuma de forma ocasional, pois esses alimentos contêm muitos corantes e substâncias artificiais que podem desencadear processos inflamatórios no organismo.
 
CONCLUSÃO

Sabendo de todas essas dicas, busque ter uma alimentação controlada, uma dieta equilibrada dando preferência aos alimentos naturais, ricos em propriedades, vitaminas e minerais para prevenir câncer de mama, limitando o consumo daqueles que aumentam o risco, consumindo tais alimentos apenas a ocasiões esporádicas, sabe aquela festinha de crianças com um monte de gostosuras? Aquele aniversário ou ocasião especial que merece uma massa ou uma comida mais gordurosa?

Então, reduza ou exclua no dia-a-dia, para poder aproveitar nesses momentos.

Você viverá muito melhor com a sua saúde, disposição física e consequentemente com o seu corpo (esteticamente).

A sua saúde agradece!
Deixar Comentário
Loading...
Aguarde...
O produto foi adicionado a sacola.